Dicas de como evoluir na guitarra – Para guitarristas de todos os níveis

Dicas de como evoluir na guitarra – Para guitarristas de todos os níveis

Se você participa de alguma comunidade de guitarristas, seja ela presencial ou virtual, verá com frequência perguntas do tipo: “Como melhorar na guitarra” ou “Como evoluir como guitarrista” e outras variações em cima do mesmo tema.

Com o intuito de ajudar, resolvemos trazer algumas dicas que podem ser muito úteis para quem sente que não está avançando como guitarrista.

O que você NÃO verá nesse post

As dicas para quem quer saber como evoluir na guitarra são infinitas e abrangentes. Por isso, você não irá encontrar nesse post dicas como: Toque sempre com um metrônomo; treine a mão direita; pratique a escala x, y ou z. Simplesmente, porque talvez essas não sejam as suas reais dificuldades.

As dicas apresentadas aqui, devem servir para todos os que querem melhorar na guitarra, independente das dificuldades técnicas ou do nível musical.

Como melhorar na guitarra

01 – Aprenda

Não há evolução, se não houver aprendizado. Não importa se é com um professor particular, escola, cursos online (como o Music Clan), livros, métodos, enfim… o que você precisa é ter acesso a conteúdos práticos e teóricos, de preferência sequenciais.

02 – Aprenda algo novo todos os dias

Se – conforme o tópico acima – você está aprendendo a tocar guitarra, você provavelmente terá a lição de casa a fazer. Que tal você se desafiar a aprender algo novo paralelamente? Por exemplo: Você pode aprender um novo lick todos os dias. Isso não irá “sufocar” a lição de casa e ao final de um mês, você terá aproximadamente 30 novos licks em seu vocabulário musical.

03 – Estude também sem a guitarra

Essa dica pode parecer um tanto estranha, mas pense comigo. Estamos falando em evolução, certo? Você pode evoluir como músico assistindo uma lição teórica no horário do seu almoço, ouvindo uma música tentando entender o compasso dela ou até lendo uma entrevista de um guitarrista que admira. Lembra do primeiro tópico? Se você aprende, você evolui.

04 – Foque em suas dificuldades

É importante você fazer uma auto-análise para ver qual é a sua real dificuldade. Por exemplo: Digamos que você não esteja conseguindo executar uma escala em tercinas com um BPM alto. Neste caso, sua dificuldade pode ser a mão direita. Então, você precisa treinar isso e tomar cuidado para não ficar fazendo só o que já domina.

05 – Acredite em si mesmo

Não seja aqueles guitarristas que ao ver um ídolo tocar, comenta: “Desisto, vou vender minha guitarra”. Você pode, SIM, tocar tão bem quanto ele. Dá uma olhada no vídeo abaixo e tire suas próprias conclusões.

06 – Pense como um maratonista

Vamos imaginar o seguinte cenário: Um sedentário resolve virar um maratonista e seu objetivo é correr uma maratona de 30 km. Se, com toda a força de vontade, ele tentar fazer isso no primeiro dia, vai dar muito ruim. Ele pode ter esse objetivo, mas terá que começar com 1 km e manter por uns dias, depois passar pra 3 km, 5 km e assim por diante.

O mesmo acontece na área musical. Deixando de lado o fato de que tocar guitarra também é uma atividade que envolve músculos, o que eu quero dizer é que você precisa ter um objetivo, algumas metas e se esforçar para atingi-las dia após dia.

07 – Tenha disciplina

Talvez esse tópico se encaixe em todos os outros acima. Mas fiz questão de colocá-lo aqui, para fazer uma chamada para um post muito legal aqui do blog: Como se manter motivado a tocar guitarra todos os dias. Estamos falando em como melhorar na guitarra e tocar todos os dias com certeza fará toda a diferença!

Está curtindo as dicas?

Deixe seu melhor email abaixo, que nós te enviaremos as próximas!

08 – Divirta-se com moderação

Tocar guitarra é bom demais! Nada mais libertador quando você descobre como improvisar sobre acordes ou quando você entende a escala pentatônica. Divirta-se com isso mas tome um certo cuidado, lembre-se do segundo tópico, é importante sempre aprender algo novo para evoluir como guitarrista.

09 – Cuidado com os vícios

Imagine o acorde Dó Maior. Muito provavelmente você pensou no modelo mais comum. Você não está errado, mas esse é um vício natural (sem trocadilhos). Passe a utilizar os outros formatos do CAGED, utilize escalas em diferentes tons e regiões, toque com backing tracks de outros estilos, enfim… evolua explorando o novo, o diferente.

10 – Monte uma banda ou toque em JAMs

Lá no post sobre motivação para tocar todos os dias, comentamos sobre a responsabilidade que o músico tem ao fazer parte de uma banda, pois é necessário estar preparado para não atrapalhar o grupo. Ok, esse é um ponto, mas tem outra coisa.

Quando você toca com outras pessoas, naturalmente você irá melhorar na guitarra, pois além de estar executando a música que tirou, haverá diálogo, ideias, correções e uma perspectiva totalmente diferente do que você está acostumado tocando apenas em casa.

11 – Aprenda muitas músicas

Se você já toca, e por algum motivo não está estudando (conforme comentei lá no primeiro tópico), saiba que é possível evoluir na guitarra apenas tirando muitas músicas. Acredite, elas têm muito para nos ensinar. Nesse caso, você precisa ir aumentando o nível de dificuldade das músicas escolhidas.

12 – Saia da zona de conforto

Talvez você esteja pensando: “Já faço tudo isso, e não percebo nenhuma evolução”. Particularmente, eu acredito que você está evoluindo, só não está percebendo.

De qualquer forma, aí vão mais algumas dicas.

  • Tente fazer algo diferente como aprender outro instrumento
  • Mude sua rotina e horários de estudos
  • Dedique-se um pouco mais. Passe mais tempo com o instrumento
  • Adquira um novo material didático
  • Escute músicas onde a guitarra não é protagonista

Conclusão

Acredite! É possível evoluir como guitarrista se você se dedicar a isso e entender que tudo é um processo. Se ele será longo ou curto, depende de você. Saia da zona de conforto, tenha foco, mas não se cobre tanto, dê espaço à diversão e todos os benefícios que a música traz.

Espero que com essas dicas você possa evoluir sempre. Não se esqueça de fazer uma auto-análise e reconhecer aquilo que te impede de melhorar constantemente.

Ficaremos contentes em ler o seu comentário no campo abaixo.

Até a próxima!