Como Ler Cifras (e um ótimo truque para memorizá-las)

Como Ler Cifras (e um ótimo truque para memorizá-las)

Se você nasceu na década de 1980 ou antes, sabe que muita gente aprendeu a tocar violão ou guitarra com as famosas “revistinhas” de cifras compradas em bancas de jornal. Elas eram repletas de músicas cifradas. E o pessoal foi aprendendo por lá.

Hoje, é possível encontrar incontáveis cifras gratuitamente em grandes sites colaborativos.

O local em que as músicas cifradas são encontradas mudou, mas as cifras continuam sendo uma das melhores e mais fáceis maneiras de se aprender os acordes de uma música.

Veja a seguir o que são, como ler e um truque para memorizá-las ao final.

O que são Cifras?

Cifra é uma maneira de representar os acordes na forma escrita, por meio de letras, números e símbolos gráficos.

Sem letras, não há cifras. Então, vamos começar por elas.

São 7 letras. Cada uma delas representa uma nota musical (no caso, um acorde):

A = Lá
B = Si
C = Dó
D = Ré
E = Mi
F = Fá
G = Sol

Repare que, tanto as letras quanto as notas estão em ordem. O que pode confundir um pouco, é que as notas estão iniciando em Lá, e não em Dó, como costumamos ouvir por aí. Veja:

– A, B, C, D, E, F, G.

– Lá, Si, Dó, Ré, Mi, Fá, Sol.

Acorde Maior ou Menor?

O que diferencia um acorde maior de um menor na cifra, é a letra “m” que vem (ou não) logo em seguida da letra. Exemplo:

C = Dó Maior;

Cm = Dó Menor.

Números nas Cifras

Sim. Além de letras, você vai encontrar números nas cifras também.

Os números representam alguns dos intervalos que compõem o acorde. Por exemplo:

Cm6 = Dó menor com sexta;

A7 = Lá maior com sétima (menor);

B7(13) = Si maior com sétima (menor) e décima terceira;

F5 = Fá com quinta (power chord).

Símbolos Gráficos

Também são usados alguns símbolos no sistema de cifras:

  • # e b (sustenido e bemol) = Agem sobre o acorde ou sobre algum intervalo. Exemplos:

C# = Dó sustenido maior;

Bbm = Si bemol menor;

F#m7 = Fá sustenido menor com sétima (menor);

D7(#9) = Ré maior com sétima (menor) e nona aumentada.

  • / (barra) = Usado quando o acorde está invertido. Lê-se “com baixo em”. Exemplos:

Dm/A = Ré menor com baixo em lá

G7/B = Sol maior com sétima (menor) com baixo em si.

  • º (bolinha sobrescrita) = Acorde diminuto. Exemplos:

Dº = Ré diminuto;

Bbº = Si bemol diminuto.

Está gostando da lição?

Deixe seu e-mail abaixo para te enviarmos as próximas!

Letras Cifradas – A Escola de Muita Gente

Esta é uma das maneiras mais populares de se aprender uma música na internet.

Se, antigamente, as pessoas compravam revistinhas com músicas cifradas, hoje existem sites colaborativos com incontáveis letras cifradas a poucos cliques de distância (e de graça).

A letra cifrada nada mais é do que a letra da música com as cifras posicionadas acima da sílaba/palavra em que o acorde ocorre. Veja o exemplo de um trecho da música “Sultans of Swing”, do Dire Straits:

               Dm
You get a shiver in the dark
C                  Bb            A
it’s raining in the park but meantime

Saber o momento exato em que o acorde ocorre em relação à letra é uma boa referência, mas não substitui saber fazer a batida/levada da música corretamente.

Truque para Memorização das Letras Usadas nas Cifras

Para ler bem cifras, é essencial que você memorize qual a letra que representa cada acorde. Para isso, proponho um exercício simples para começar.

Para cada letra, escreva uma palavra que começa com a letra da cifra e contenha uma sílaba que seja o nome da própria nota. Por exemplo:

A = Lá → AuLA;

B = Si → BaCIa (apesar de ser com c, o fonema é o mesmo da nota);

C = Dó → CoDOrna;

D = Ré → DerREte;

E = Mi → EMÍlia;

F = Fá → FaroFA;

G = Sol → GirasSOL.

O ideal é que você pense nas suas próprias palavras, pois assim a memorização ocorre de forma mais fácil.

Apenas tome cuidado com palavras que possuem sílabas de duas notas, pois podem causar confusão. Evite-as. Por exemplo: CaLADO. Nesse caso, você não irá saber se a letra C representa ou Dó.


As cifras são apenas uma maneira de colocar os acordes no papel. Cabe a você saber onde e como você deve tocá-los.

Se você gostou do artigo, confira também Como Ler Tablatura e a série Como Ler Partitura.

É guitarrista, professor de guitarra e administrador de empresas por formação. Curte postar vídeos no Instagram, ouvir blues, assistir filmes nas horas vagas e também está no Facebook . Faz parte do time do Music Clan e da Revista Guitarload.